Blog

Uma das abordagens mais complexas e desafiadoras para o sucesso de uma empresa é a gestão de equipes que, quando bem conduzida, é capaz de fazer a organização atingir seu máximo potencial. Então, como podemos extrair o melhor dos funcionários, visando a alta eficiência do seu negócio?

Reconhecendo a importância de desenvolver equipes motivadas e produtivas, as empresas têm investido cada vez mais em capacitação, para a formação de líderes competentes, e sistemas de gestão, para diminuir seus processos e medir resultados de forma mais precisa.

No ambiente corporativo, é bastante comum que na inexperiência, despreparo e “falta de tato”, muitos gestores acabem por desmotivar a sua equipe, comprometendo o rendimento e os resultados da empresa.


Então, neste artigo, vamos tratar sobre as melhores práticas da gestão de equipes, que podem alavancar a produtividade da sua organização com a formação de verdadeiros times.


Conheça a sua equipe

Conhecer os potenciais e as limitações de cada colaborador pode ser o ponto-chave para a formação de uma equipe eficiente.

O autor Nicholas Boothman, em seu livro “Como Convencer Alguém em 90 Segundos”, elenca 4 personalidades de funcionários, o que pode ajudar os gestores na identificação de cada membro da sua equipe.

• Analisador: orientado por processos, pensador crítico, solucionador de problemas;

• Sonhador: hábil em enxergar por diferentes ângulos, criativo, visionário;

• Controlador: assertivo, tende a gerenciar os outros, competidor, orientado por resultados;

• Indutor: extrovertido e sociável, otimista, comunicador, chance de sucesso em vendas.

É comum que as pessoas apresentem maior identificação com alguma personalidade e se reconheçam em outros perfis, mas geralmente, apenas um deles é predominante. Assim, é possível montar uma equipe equilibrada e tornar mais assertiva a delegação de tarefas.


Comunicação aberta

Nunca é demais falar sobre quão importante é a liderança baseada na comunicação aberta, com foco no desempenho individual e coletivo. A produtividade da equipe tem a ver com a sua satisfação.

Por isso, o compartilhamento de ideias, soluções e conquistas deve fazer parte da cultura, deixando clara a importância da atuação de cada colaborador para o sucesso da equipe e da empresa. Além disso, o clima organizacional reflete tanto no desempenho do corpo funcional quanto na sua imagem, que é levada para o público externo.

Uma comunicação ineficiente pode atrapalhar todo o funcionamento de uma empresa e causar prejuízos. Portanto, o gestor deve garantir que os objetivos e metas organizacionais sejam do conhecimento de todos os membros da equipe, e deixar claro que devem ser atualizados constantemente.

Nesse sentido, vale considerar a gestão à vista, com o uso de murais, quadros, tv's corporativas ou plataformas de comunicação para o acompanhamento das tarefas, garantindo acesso a todos os membros da equipe.

Assim, o gestor garante mais agilidade, otimiza tempo e processos e pode identificar a necessidade de ações momentâneas ou decisões emergenciais.

Por fim, e não menos importante, dê feedback com frequência. Alinhar a entrega do profissional às expectativas da empresa é o pontapé inicial para um trabalho de aperfeiçoamento da equipe.

Esse processo de retorno, sob o ponto de vista da empresa, proporciona um diálogo aberto, necessário, muitas vezes, para que o gestor tome conhecimento de alguns aspectos até então omissos no trabalho da equipe.

E nesse contexto, para uma avaliação ainda mais concreta, a avaliação 360° com certeza é muito bem-vinda.

Saiba mais sobre como os sistemas de gestão empresarial podem contribuir para o sucesso da sua organização. Fale conosco!


Acesse gratuitamente